Capa | Biografia | Livro | Publicações | Fotos | Poesias | Links | Mural de Recados | Contato

Sou um eu abstrato entre muitos na cidadela de pedra e cal. Cansada, percorro as ruas do centro e sei que posso ver além das lojas, das propagandas e do capital. Um pedido rouco diz em meu ouvido: “Poesia”. Deixo de lado meu jeito sério semanal e assumo a alegria despreocupada de uma manhã de domingo. Não tenho pressa, só preces em palavras escritas, letras espontâneas que contam outra cidade. >> mais


Poesias

mais informações

 



Acessos desde junho/2016: 786

 


Site elaborado pela wwsites - sites para escritores